TODO MATERIAL POSTADO EM MEU BLOG É DE CONTEÚDO PESQUISADO NA INTERNET OU DE AMIGOS QUE ME ENVIAM, AO QUAL SOU SEMPRE AGRADECIDO.
POUCAS VEZES CRIEI ALGO PARA COLOCAR NO BLOG.
O MEU SENTIMENTO É O DE UM GARIMPEIRO, QUE BUSCA DIAMANTES, E QUANDO ENCONTRA NÃO CONSEGUE GUARDAR PARA SI.

22/09/16

SETEMBRO E A PRIMAVERA








No hemisfério sul, a mesma é chamada de “Primavera Austral”, iniciando em 23 de Setembro e terminando em 21 de Dezembro.
Se olharmos sob o ponto de vista astronômico, a primavera se inicia nos equinócios de Setembro (Sul) e Março (Norte) e termina nos solstícios de Dezembro (Sul) e Junho (Norte).

A característica mais marcante da estação é o reflorescimento da flora e da fauna. Muitos animais aproveitam a temperatura ideal da estação para se reproduzir.
No Brasil, a chegada da primavera ocasiona uma mudança no regime de chuvas e temperaturas. Na maioria das regiões começam a aparecer as primeiras pancadas de chuva pelo final da tarde, resultado do aumento de calor e umidade característico da primavera.
No entanto, na região Sul ocorrem poucas alterações em relação à quantidade de chuvas; no Nordeste permanece a seca.


Que coisa mais técnica, sem alma...

Para mim, setembro é poesia... Todos os setembros deveriam começar felizes...
Flores alegrando os nossos dias, nem muito frio, nem muito calor... tudo morninho, como o abraço gostoso de quem se ama.
Minha cidade é só encantamento e as flores começam a anunciar a primavera.
As flores me causam espanto, não sei se Amo...
As cores das flores
Ou só as flores
Ou se as cores e as flores me fazem sentir.
Sei que é muito bom, afaga a minha Alma.
O meu espanto nunca se acaba, pela sutileza das formas, das cores e perfumes das flores.

Dar flor é um gesto de amor...

Setembro florido
São imagens de dias felizes
Dizem-nos as coisas sem ser preciso usar palavras.
Setembro tem som de risos, e ao se olhar a alegria de quem está perto das fores, pode adivinhar-se...
Estamos felizes.

Algumas fotos do florescer de minha cidade...

Porque não se trabalhar com a criança, elas mesmas tirando fotos, filmagens e pesquisando as flores do tempo, as que mais tem perfume, as que mais permanecem floridas e depois os grupos expõem para todos...
Vai se ter de tudo, menos uma aula chata...

PRIMAVERA


A primavera é uma das quatro estações do ano. Ela ocorre após o inverno e antes do verão. No hemisfério sul, onde está localizado o Brasil, a primavera tem início em 23 de setembro e termina no dia 21 de dezembro.

É uma época em que ocorre o florescimento de várias espécies de plantas. Portanto, é um período em que a natureza fica bela, presenteando o ser humano com flores coloridas e perfumadas. A função deste florescimento é o início da época de reprodução de muitas espécies de árvores e plantas.

No tocante a astronomia, a primavera ocorre no equinócio de setembro (momento do ano em que o dia e a noite possuem a mesma duração, 12 horas cada).

Já com relação a mudanças climáticas, é um período em que as temperaturas vão, aos poucos, aumentando. O mesmo ocorre com as águas do mar. As temperaturas, em grande parte dos países do hemisfério sul, ficam amenas.

Flores que se destacam na primavera: rosa, girassol, margaridinha, orquídea, jasmim, hortênsia, helicônia, alamanda, clívia, gérbera, hibisco, gazânia, jasmim-estrela, lágrima-de-cristo, boca-de-leão, crisântemo, frésia, estefânia, narciso, violeta, dedaleira, dama-da-noite.

21/09/16

DIA DA ÁRVORE


No hemisfério sul, o dia 21 de Setembro, dia da árvore, prenuncia a chegada da primavera,  (23 se Setembro), estação onde a natureza parece recuperar toda a vida que estava adormecida pelos dias frios de inverno.

No Brasil, carregamos fortes laços com a cultura indígena que deu origem a este país; um deles é o amor e respeito pelas árvores como representantes maiores da imensa riqueza natural que possuímos.
Os índios também utilizavam este período para iniciar a época de plantio, organizando-se pelo calendário lunar.
Confirmando o carinho e respeito pela natureza, no Brasil, em 24 de fevereiro de 1965, formalizou-se o dia 21 de Setembro como o Dia da Árvore - o dia que marca um novo ciclo para o meio ambiente.

Nosso País é de origem de uma árvore, Caesalpinia echinata Lam., o pau-brasil.

O nome popular em português deriva da cor de brasa da resina vermelha contida na sua madeira.
É conhecido também pelos nomes de brasileto, ibirapiranga, ibirapita, ibirapitã, muirapiranga, orabutã, pau-de-pernambuco, pau-de-tinta, pau-pernambuco e pau-rosado. É também conhecida como pau-ferro por ser mais densa do que a água e não flutuar, o que prejudica o seu transporte no meio fluvial.

19/09/16

DIA DO TEATRO NACIONAL

“Poesia que sai do livro e se faz humana”.
É assim que o poeta e dramaturgo espanhol Federico García Lorca, cultuado pelos amantes das artes cênicas, define o teatro. A arte de interpretar histórias e atividades, proporcionando conhecimento ao seu público, inspirou não apenas Lorca, mas pessoas de todo o mundo.
No Brasil, o Dia Nacional do Teatro é comemorado em 19 de setembro, é lembrado por atores, dramaturgos e professores responsáveis pela disseminação do conhecimento pedagógico e cultural proveniente do teatro no país.

O teatro surgiu a partir do desenvolvimento do homem, através das suas necessidades. O homem primitivo era caçador e selvagem, por isso sentia necessidade de dominar a natureza.
Através destas necessidades surgem invenções como o desenho e o teatro na sua forma mais primitiva.
O teatro primitivo era uma espécie de danças dramáticas coletivas que abordavam as questões do seu dia a dia, uma espécie de rito de celebração, agradecimento ou perda.
Estas pequenas evoluções deram com o passar de vários anos.
Com o tempo o homem passou a realizar rituais sagrados na tentativa de apaziguar os efeitos da natureza, harmonizando-se com ela.
Os mitos começaram a evoluir, surgem danças miméticas, compostas por mímica e música.

Com o surgimento da civilização egípcia os pequenos ritos tornaram-se grandes rituais formalizados e baseados em mitos.
Cada mito conta como uma realidade.
Os mitos possuíam regras de acordo com o que propunha o estado e a religião, eram apenas a história do mito em ação, ou seja, em movimento. Estes rituais propagavam as tradições e serviam para o divertimento e a honra dos nobres.
Na Grécia sim, surge o teatro.
Surge o “ditirambo”, um tipo de procissão informal que servia para homenagear o deus Dioniso (deus do Vinho).
Mais tarde o “ditirambo” evoluiu, tinha um coro formado por coreutas e pelo corifeu, eles cantavam, dançavam, contavam histórias e mitos relacionados a aos deuses.
A grande inovação deu-se quando se criou o diálogo entre coreutas e o corifeu.
Cria-se assim a ação na história e surgem os primeiros textos teatrais.
No início fazia-se teatro nas ruas, depois tornou-se necessário um lugar.
E assim surgiram os primeiros teatros.



07/09/16

7 DE SETEMBRO, DIA DA INDEPENDÊNCIA DO BRASIL

Grito da Independência às margens do Ipiranga
A Independência do Brasil é um dos fatos históricos mais importantes de nosso país, pois marca o fim do domínio português e a conquista da autonomia política. 
Muitas tentativas anteriores ocorreram e muitas pessoas morreram na luta por este ideal. Podemos citar o caso mais conhecido: Tiradentes. Foi executado pela coroa portuguesa por defender a liberdade de nosso país, durante o processo da Inconfidência Mineira.
Dia do Fico
Em 9 de janeiro de 1822, D. Pedro I recebeu uma carta das cortes de Lisboa, exigindo seu retorno para Portugal. 
Há tempos os portugueses insistiam nesta idéia, pois pretendiam recolonizar o Brasil e a presença de D. Pedro impedia este ideal. Porém, D. Pedro respondeu negativamente aos chamados de Portugal e proclamou : 
"Se é para o bem de todos e felicidade geral da nação, diga ao povo que fico."
Após o Dia do Fico, D. Pedro tomou uma série de medidas que desagradaram a metrópole, pois preparavam caminho para a independência do Brasil. D. Pedro convocou uma Assembléia Constituinte, organizou a Marinha de Guerra, obrigou as tropas de Portugal a voltarem para o reino. 
Determinou também que nenhuma lei de Portugal seria colocada em vigor sem o " cumpra-se ", ou seja, sem a sua aprovação. 
Além disso, o futuro imperador do Brasil, conclamava o povo a lutar pela independência.

O príncipe fez uma rápida viagem à Minas Gerais e a São Paulo para acalmar setores da sociedade que estavam preocupados com os últimos acontecimento, pois acreditavam que tudo isto poderia ocasionar uma desestabilização social. 
Durante a viagem, D. Pedro recebeu uma nova carta de Portugal que anulava a Assembléia Constituinte e exigia a volta imediata dele para a metrópole..
Estas notícias chegaram as mãos de D. Pedro quando este estava em viagem de Santos para São Paulo.
 Próximo ao riacho do Ipiranga, levantou a espada e gritou : Pelo meu sangue, poo meu Deus e pela minha Honra...
" Independência ou Morte !". 
Este fato ocorreu no dia 7 de setembro de 1822 e marcou a Independência do Brasil. No mês de dezembro de 1822, D. Pedro foi declarado Imperador do Brasil.

VÁRIOS CURSO SOBRE EDUCAÇÃO